Chatbot em Português - Chatbot para site virtualspirits








TOPICS: Chatbot para Empresas    Construindo um chatbot   

Chatbot para Websites – 4 Razões Para Ter um Chatbot no Seu Site



Antes dos chatbots de IA serem amplamente associados a plataformas de mensagens instantâneas, fizeram a sua primeira aparição nos sites de negócios de e-commerce, fornecedores de serviços e até mesmo de instituições bancárias, médicas e educativas de renome. Então qual a razão por trás da popularidade dos chat bots para websites?

Há várias razões aliás. Vamos ver algumas delas.

1. Os Chatbots para sites ajudam a evitar o ‘balde furado’.


Conhece a teoria do balde furado? Esta analogia de marketing é frequentemente usada e compara o ganho e a perda de clientes de uma empresa a um balde furado, ao qual estão constantemente a ser adicionados novos clientes para compensar aqueles que são perdidos através das ‘fugas’ do balde.

Chatbot para Websites

Uma analogia semelhante pode ser aplicada ao dinheiro investido num negócio online. Após criarem os seus sites, os proprietários de negócios gastam muito dinheiro em mecanismos que prometem trazer tráfego ao site. Os exemplos incluem SEO, campanhas pay-per-click e várias estratégias de marketing online.

Essas abordagens podem até ser bem-sucedidas na atração de tráfego para o site em questão, mas e depois? Sem um bom motivo para ficar e realizar as ações pretendidas, os visitantes irão simplesmente avançar para um site diferente. Isto cria um balde com uma grande fuga – os visitantes chegam ao site em grandes volumes, saem pouco depois e são substituídos por um novo fluxo de visitantes. O dinheiro gasto em todas aquelas campanhas de marketing é assim efetivamente desperdiçado.

Os chatbots online ajudam os sites a tapar esta fuga. Ao iniciar uma conversa com os visitantes do site, os bots dão-lhes uma razão para ficar, entender melhor o negócio, ver os produtos e serviços que oferece e até mesmo fazer uma compra se possível. Os melhores chatbots para sites são aqueles que são programados para tomar todas as medidas necessárias para guiar os visitantes ao longo do funil de vendas. Fazem isso respondendo a um vasto leque de perguntas, oferecendo ajuda com decisões de compra e oferecendo descontos e ofertas promocionais nos produtos ou serviços em que o potencial cliente tiver maior interesse.

Vamos ilustrar isto com um exemplo de uma conversa entre a Joana, uma mãe de 35 anos com dois filhos, e o chatbot online num site que vende roupa de criança.

Chatbot: "Olá, bem-vinda à loja ABC. Sou o seu assistente de loja. Em que posso ajudar hoje?"

Joana: "Estou à procura de babygrows de algodão para o meu filho de 1 ano."

Chatbot: "Claro! Deixe-me partilhar os links para alguns dos nossos produtos mais vendidos dessa categoria."

A Joana recebe uma lista de links.

Chatbot: "Pode ainda ver todo o nosso vestuário de algodão para bebés neste link. Se tiver alguma questão, não hesite em perguntar!"

A Joana passa algum tempo a ver os produtos. Ela sabe que tem a opção de perguntar ao chatbot sobre tamanhos, opções de envio e tudo mais que a possa ajudar na sua decisão de compra. Isto aumenta significativamente as hipóteses de a Joana comprar neste site em particular. O chatbot online ajuda a destacar o site em relação à multidão, mostrando-se mais eficaz na captação da atenção da Joana do que as estratégias de marketing que a possam ter trazido até ali.

2. O Chatbot para websites torna a informação acessível a todos.


A quantidade de informação presente num site torna-se irrelevante se um visitante comum não conseguir encontrá-la. E no contexto dos dias de hoje, os visitantes tendem a ter capacidades de atenção muito breves. Como tal, os sites devem tornar a tarefa de encontrar informação o mais rápida e simples possível. Retirar aos visitantes a tarefa de procurar informação é uma ótima forma de o conseguir. E a criação de chatbots faz precisamente isso.

O José, um homem de 55 anos que precisa de fazer uma manutenção no seu carro numa cidade grande, não sabe a que oficina se dirigir. Ele encontrou algumas oficinas que têm sites, mas todas parecem ter a mesma informação genérica. O José não consegue ter a certeza se terão peças compatíveis com o seu carro, ou se o serviço de que o seu carro precisa pode ser feito num dia. Ligar para cada oficina a perguntar parece ser a única forma de o saber. Mas então o José encontra outro site onde, além do conteúdo e links habituais, vê também uma janela de live chat que o convida a fazer perguntas.

José: "Reparam carros da [Marca]?"

Chatbot: "A nossa oficina de reparações é certificada pela reparações da [Marca]. Pode consultar a nossa lista completa de serviços e preços. Por favor escolha qual o serviço de reparação que procura…"

José: "Também quero saber se fazem stock de peças para carros da [Marca]."

Chatbot: "Tipicamente temos peças novas para motores, pneus e outros acessórios compatíveis com carros da [Marca]. Se quiser consultar-nos sobre uma peça específica, por favor escreva o seu número de telefone e alguém da nossa equipa entrará em contacto consigo."

O José avança para o preenchimento dos seus dados de contacto e recebe a informação de que precisa logo no dia seguinte.

3. As pessoas já não gostam de transferir aplicações.


Os últimos anos têm assistido a um declínio acentuado do número de transferências de aplicações móveis. As aplicações ocupam espaço no seu smartphone, servindo apenas algumas funções. Além disso, as pessoas não gostam de transferir aplicações que apenas vão usar uma vez – por exemplo, quando houver um desconto específico em compras de um local específico – e depois apagá-las. Isto torna ainda mais importante para as empresas modernas acompanharem a evolução dos tempos e criarem um chatbot para os seus sites.

A criação de chatbots para sites ajuda os negócios a atrair mais clientes. As pessoas que chegam a estes sites podem falar com os bots para ter respostas a todas as suas perguntas e obter ajuda com praticamente qualquer problema que possam ter. Isto é muito mais fácil do que encherem os seus smartphones com diferentes aplicações para cada serviço online que usam. Além disso, teriam de explorar as próprias opções da aplicação, enquanto que no site têm um simpático chatbot para os ajudar.

4. Compensa ter um representante de vendas virtual no seu site.


Com um desenvolvimento de chatbot eficaz, os chatbots online podem tornar-se o ‘rosto’ de um site. Eles podem desempenhar os papéis combinados de rececionistas virtuais, representantes comerciais e equipa de apoio ao cliente. Os visitantes que chegam a um site que tenha um chatbot não precisam de vasculhar as suas páginas à procura de ofertas especiais ou novos lançamentos. O chatbot pode apresentá-los aos visitantes durante uma conversa normal. A experiência demonstra que as pessoas respondem bem a promoções oferecidas desta forma orgânica. Isto porque estas são percebidas como mais personalizadas do que um vulgar email de marketing.

Voltemos ao exemplo da Joana. Antes que ela saia do site de vestuário de criança para visitar outra loja online, o chatbot oferece-lhe um desconto.

Chatbot: "Caso esteja interessada, temos agora mesmo uma oferta de fim de estação em todos os produtos de algodão. Use o código [CODE] para obter 15% de desconto na sua compra. Obrigada por comprar connosco!"

É muito mais provável que a Joana use este cupão de desconto prontamente disponível e altamente relevante do que algo que ela encontre mais tarde na sua caixa de correio.

Descubra as novidades no mundo do desenvolvimento de chatbots, ou receba informação sobre a criação de chatbots para os seus sites contactando-nos aqui mesmo.

Saber mais
Aprenda e obtenha inspiração para criar o seu chatbot para o seu negócio










×